Edição 2013


Serão cerca de 50 grupos artísticos de Icó e de toda a Região Centro Sul do Ceará e Vale do Salgado, onde durante todos os dias transformam todo o sitio histórico de Icó em um verdadeiro celeiro gerador da arte espontânea.
Dança, teatro, música, cinema, exposições, debates, palestras, desfile, workshop, fotografia, literatura e lançamento de livro. Esse conjunto de manifestações artísticas e culturais integra a programação do III Festival da Cultura de Icoense, evento conhecido por Icozeiro.
A programação começa dia 18/12 e prossegue até o dia 30\12, no Centro de Arte e Cultura Aldo Marcozzi Monteiro - CACPAMM.
Pelo segundo ano seguido, o evento tem na programação uma exposição do SESC de Iguatu-Ce, desta vez em homenagem ao centenário de Vinícius de Morais.
Durante doze dias, gratuitamente, o prédio que abrigou a Casa de Câmara e Cadeia recebe manifestações das mais variadas formas artísticas, no Centro Histórico de Icó.
Um cortejo brincante guiado pela Banda Municipal de Icó, no Largo do Théberge, faz a abertura da programação oficial. Em seguida, o historiador Altino Afonso Medeiros, que tradicionalmente realiza uma palestra sobre a história da cidade. 
Na programação ainda tem a entrega de uma comenda a uma personalidade que contribuiu para a arte, sociedade e cultura no município de Icó, esta comenda todo ano recebe o nome em homenagem póstuma também a uma grande personalidade da nossa terra, na Edição 2013 a comenda terá o nome do professor e historiador Miguel Porfírio de Lima e o Homenageado será o repentista Moacir Brasil.
Durante todos os dias do evento haverá nas celas e em algumas salas e corredores exposições fotográficas, comidas típicas, artesanato, pintura detre outras manifestações...
O Festival da Cultura Icoense é uma realização da Associação Filhos e Amigos de Icó (Amicó).

Nenhum comentário